quinta-feira, janeiro 26, 2012

Simplesmente Clarice


‎'Avisem-me se eu me tornar eu mesma demais. 
É minha tendência.  Mas sou objetiva também.' 
''Não entendo, apenas sinto..
Tenho medo de um dia entender..
e deixar de sentir.."

Não venha me falar de razão.
Não me cobre lógica.
Não me peça coerência.
Eu sou pura emoção.
Tenho razões e motivações próprias.

... Sou movido por paixão.


Essa é minha religião e minha ciência.


Não meça meus sentimentos.

Nem tente compará-los a nada.

Deles sei eu.

Eu e meus fantasmas.

Eu e meus medos.

Eu e minha alma…

Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer

 verdadeiramente companhia - Clarice Lispector



 

Eu me permito mais liberdade e mais experiências.
E aceito o acaso.
Anseio pelo que ainda não experimentei.
Maior espaço psíquico.
Estou felizmente mais doida



"Sou composta por urgências: minhas alegrias são
intensas; minhas tristezas, absolutas.
 Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. 
Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos"

"Provação.Agora entendo o que é provação. 
Provação: significa que a vida está me provando. 
Mas provação: significa que eu também estou provando. 
E provar pode se transformar numa sede cada vez mais insaciável." 


Oh Deus, como estou sendo feliz! 
 O que estraga a felicidade é o medo.


"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. 
Não sou pretensiosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando[...] 
Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada. Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro...


[Clarice Lispector]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante!