terça-feira, janeiro 24, 2012

Pensamentos ... Elba Coelho








As pessoas são persistentes quando se trata de garantir a sua independência imaginária. Elas acumulam e guardam a doença como se fosse um bem precioso. Encontram sua identidade e seu valor na mutilação e os guardam com cada grama de força que possuem. Assim, a 'superabundante' graça de Deus deixa de ser atraente e tentam trancar a porta do coração por dentro. Mas o amor de Deus é MUITO maior que a nossa estupidez, Ele usa as nossas escolhas para atingir Seus propósitos. Com Seu amor verdadeiro nunca nos força a nada, pois amor forçado não é amor!!!!!!                         



 
Talvez você tenha que declarar seu perdão uma centena de vezes no primeiro, no segundo, no terceiro dia...mas, a cada dia serão menos vezes, até que um dia você perceberá que perdoou completamente. E chegará o momento em que a plenitude do seu amor queimará na vida desta pessoa qualquer vestígio de corrupção e, por mais incompreensível que possa parecer no momento, talvez, um dia, você consiga conviver com esta pessoa num cotexto diferente...





Relacionamentos são tão sólidos quanto uma pedra de gelo, enquanto estão à temperatura adequada continuam ali, firmes e sólidos, mas, quando as coisas esquentam logo se derretem. No entanto, quando se reencontram na temperatura desejada ficam sólidos outra vez e, às vezes, até adquirem uma forma melhor que a anterior. Assim, a depender da temperatura investida, o líquido se solidifica e fortifica outra vez ou, simplesmente, escorre pelas mãos...  
             
 (Elba Coelho)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante!