domingo, abril 17, 2011

A coroa do pecado é a desonra

Todo aquele que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.
Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei.
Vocês sabem que ele se manifestou para tirar os nossos pecados, e nele não há pecado.
Todo aquele que nele permanece não está no pecado. Todo aquele que está no pecado não o viu nem o conheceu.
Filhinhos, não deixem que ninguém os engane. Aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo.
Aquele que pratica o pecado é do diabo, porque o diabo vem pecando desde o princípio. Para isso o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo.
Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; ele não pode estar no pecado, porque é nascido de Deus.
I João 3:3-9
Quando saímos do lamaçal de pecado  (Tira-me do lamaçal, e não me deixes atolar; seja eu livre dos que me odeiam, e das profundezas das águas. Salmos 69:14), é por meio da revelação que vem  da palavra de Deus, e alcança os nossos corações (Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. Hebreus 4:12) , e essa palavra aliada a  fé muda a nossa história, o nosso destino (Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! 2 Coríntios 5:17).
A caminhada cristã é diária,  e  nela são feitas as de lapidações de caráter, concertos de posturas e relacionamentos e outros  ajustes são feito a medida que o conhecimento vai crescendo, é  o aperfeiçoamento da natureza carnal para espiritual, é uma mudança de mentalidade (Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2). Viver de fato a vontade de Deus exige nós, o que  muitas vezes não estamos ainda dispostos a abrirmos mão, e é ai onde mora o perigo (Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. 1 Pedro 5:8), e são nessas ocasiões que o eu cresce, nossas vontades afloram, achismos se multiplicam e começamos a pensar:  "isso não tem nada de mais", "eu sei o meu limite". Passando então a depositar a confiança na carne onde reside o convite à queda.
Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: "Estou sendo tentado por Deus". Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.
Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido.
Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.
Meus amados irmãos, não se deixem enganar.
Tiago 1:13-16
O pecado ao seu princípio é  muito convidativo, atraente, bom,  gostoso, etc. E por isso é fácil de ser seduzido,  mas após consumado ele aprisiona,  gera dor, culpa, vergonha, medo, incredulidade, solidão...Suas consequências são terríveis, devastadoras, e muitas vezes fatais. Não devemos brincar com a lei do retorno, pois uma má semeadura gera amargosos frutos.
"Um servo de Deus, vinha em uma caminhada feliz, se fortalecendo a cada dia e descobrindo o melhor que o Senhor havia reservado para ele, mas se  distraiu, se envolveu a tal ponto,  que se permitiu   pecar... Não deu ouvido aos pais, aos amigos, a Deus... Entrou de corpo e alma em uma relação sem futuro, e  isso lhe custou  muito caro.  Sofreu violência  física, teve sua alma marcada e sua integridade moral devastada... Grande desilusão! Se viu acordando dentro de um  grande pesadelo que parece não acabar mais!!!  Hoje seus dias são atemorizados por ameaças, vive a se ocultar para tentar sobreviver a essa dura realidade... Por fim, seu pecado se tornou literalmente público!  Seus dias  e  noites são longos e tristes." 
A história relatada é verídica. Essa pessoa já se arrependeu genuinamente de seu pecado e o confessou, mas assim como o rei Davi que errou, mas  se arrependeu de todo coração (2 Samuel 11, 12,13), não pode escapar das consequências, também essa pessoa tem passado por um período muito difícil em sua vida. Muito embora, seja  duro de mais  o que está lhe acontecendo, é sabido que necessário. Pois se DEUS nos isentasse das consequenências, permaneceríamos sendo insensatos e  inconsequentes.
O pecado é destrutivo, para quê insistirem em vivenciar coisas "boas" que tem por objetivo inicial e principal do inimigo, promover a desonra, tirar a paz, roubar a salvação. Nunca ache que você se dará bem por que errou e nada aconteceu, nada mesmo passa em branco, quando foi maculado. 
Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.
Hebreus 4:13
Mas vocês têm uma unção que procede do Santo , e todos vocês têm conhecimento.
 I João 2:20 
Conhecimento é Power! 

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante!