segunda-feira, março 07, 2011

Carnaval, rei momo, ato profético?

Qual a origem do Rei Momo? Tudo indica que essa rechonchuda figura carnavalesca tenha sido inspirada em um personagem da Antiguidade clássica. Na mitologia grega, Momo era o deus do sarcasmo e do delírio. Usando um gorro com guizos e segurando em uma mão uma máscara e na outra uma boneca, ele vivia rindo e tirando sarro dos outros deuses. Com esse jeitão esculachado, aprontou tantas que acabou expulso do Olimpo, a morada dos deuses. Ainda antes da era cristã, gregos e romanos incorporaram essa figura mitológica a algumas de suas comemorações, principalmente as que envolviam sexo e bebida. Na Grécia, registros históricos dão conta que os primeiros reis Momos de que se tem notícia desfilavam em festas de orgia por volta dos séculos 5 ou 4 a.C. Geralmente, o escolhido era alguém gordinho e extrovertido - provavelmente vem daí a inspiração para a folia brasileira. Já nas bacanais romanas, os participantes selecionavam um Rei Momo entre os soldados mais belos do exército.
Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para para se entregar à farra.
1 Coríntios 10:7
“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” 
 Filipenses 4.8.
É de suma importância, ter interesse em saber as origens das coisas para não se acumular em erros ( pecado), sem se quer ter ciência de suas responsabilidades e consequência; pois  há um grande comodismo  na maioria das pessoas no que se diz ser respeito a  tradição, ou aprendizado de família. O que em nada nos assegura que o que  aprendemos de fato é correto.
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.
Oséias 4:6
Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede.
Isaías 5:13
Estava observando a  entrega das chaves da cidade ao rei momo para dar-se  início ao carnaval, e me questionei o que tem haver com a folia? E em poucas pesquisas,  vi o quanto as trevas estão não brinca quando se trata de marcar território, do quanto o reino espiritual precisa que se ligue na terra para haver  legalidade para agir no natural.  Fica  explícito em cada   noticiário as inúmeras vidas que são ceifadas durante esse período, e compreendi  que é justamente o sacrifício que se fazia nos primórdios com o rei momo ao fim das celebrações,  e agora com esse rei momo lúdico, os  sacrificados são os seus súditos.( Misericórdia!!!)

A dita festa da alegria e da "paz", onde se põe máscara no rosto e desnudam os desejos da alma. Onde são permitidas toda  sorte de fantasias(abominações) que alimentam a morte da carne e do espírito.
Porventura envergonham-se de cometerem abominação? Não; de maneira nenhuma se envergonham, nem sabem que coisa é envergonhar-se; portanto cairão entre os que caem e tropeçarão no tempo em que eu os visitar, diz o SENHOR.Jeremias 8:12

Não se iludam com promovida alegria momentânea do momo, pois ela vem que vem recheada de "dores de cabeça" para resto do ano, se não por toda uma vida!

A todos um bom fim de feriadão!
 No Shalom de Deus (a verdadeira paz)!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante!