segunda-feira, novembro 22, 2010

Um privilégio ou uma maldição?

Do que vale toda a felicidade desse mundo, se você nunca está feliz?
Do que vale as muitas riquezas, se você não você nunca se sente segura?
Do que vale vestir branco, se não há Paz no seu interior?
Do que vale as multidões, se você sempre se sente sozinho?
Do que vale todo o trabalho, se você não desfruta?
Do que vale o tempo, se nada é produzido?
Do que vale a vida, se não você não se encontra?

Do que vale ter e não possuir?
Do que vale pilotar uma aeronave, e não saber conduzir a sua vida?
Do que adianta ir à lua, e não conhecer seu interior?
De que adianta descobrir a fonte, se dela não matar a sede?
Do que adianta ter o tesouro em mãos, e dele não desfrutar?
Do que vale o choro, sem haver arrependimento?
Do que adianta reconhecer, e depois abandonar?
Do que vale tanto conhecimento, se você se perde mais?
Do que vale carregar a cruz, se Jesus ainda está lá?
Toda valoração que nós damos, concerne da nossa alma. Como anda a sua?
Dê a cada coisa o seu devido valor! E valorize tudo que tiver!
Pois o tempo é agora! E a hora é essa!

Uma abençoada semana!

By: Daniela Castro

Um comentário:

  1. dani voce escreve muito bem amo ler suas postagens e vc sempre esta inovando amiga parabens que osenhor continue te dando sabedoria e disposiçao para escrever com tanta criatividade muitos bjus elaine.

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante!