sábado, novembro 27, 2010

Deixe a Raiva Secar...


Mariana ficou toda feliz porque ganhou de presente um joguinho de chá, todo azulzinho, com bolinhas amarelas.
No dia seguinte, Júlia sua amiguinha, veio bem cedo convidá-la para brincar.
Mariana não podia, pois iria sair com sua mãe naquela manhã. Júlia então, pediu a coleguinha que lhe emprestasse o seu conjuntinho de chá para que ela pudesse brincar sozinha na garagem do prédio.
Mariana não queria emprestar, mas, com a insistência da amiga, resolveu ceder, fazendo questão de demonstrar todo o seu ciúme por aquele brinquedo tão especial. 
Ao regressar do passeio, Mariana ficou chocada ao ver o seu conjuntinho de chá jogado no chão. 
Faltavam algumas xícaras e a bandejinha estava toda quebrada. 
Chorando e muito nervosa, Mariana desabafou:
"Está vendo, mamãe, o que a Júlia fez comigo?
Emprestei o meu brinquedo, ela estragou tudo e ainda deixou jogado no chão. 
Totalmente descontrolada, Mariana queria, porque queria, ir ao apartamento de Júlia pedir explicações.
Mas a mãe, com muito carinho ponderou:
"Filhinha, lembra daquele dia quando você saiu com seu vestido novo todo branquinho e um carro, passando, jogou lama em sua roupa? 
Ao chegar em casa você queria lavar imediatamente aquela sujeira, mas a vovó não deixou.  Você lembra o que a vovó falou? 
Ela falou que era para deixar o barro secar primeiro. Depois ficava mais fácil limpar. 

Pois é, minha filha, com a raiva é a mesma coisa.
Deixa a raiva secar primeiro..
Depois fica bem mais fácil resolver tudo.
Mariana não entendeu muito bem, mas resolveu seguir o conselho da mãe e foi para a sala ver televisão.
Logo depois alguém tocou a campainha..
Era Júlia, toda sem graça, com um embrulho na mão.
Sem que houvesse tempo para qualquer pergunta, ela foi falando:
"Mariana, sabe aquele menino mau da outra rua que fica correndo atrás da gente?
Ele veio querendo brincar comigo e eu não deixei. Aí ele ficou bravo e estragou o brinquedo que você havia me emprestado.
Quando eu contei para a mamãe ela ficou preocupada e foi correndo comprar outro brinquedo igualzinho para você. Espero que você não fique com raiva de mim.
Não foi minha culpa."
"Não tem problema, disse Mariana, minha raiva já secou."
E dando um forte abraço em sua amiga, tomou-a pela mão e levou-a para o quarto para contar a história do vestido novo que havia sujado de barro. Nunca tome qualquer atitude com raiva. A raiva nos cega e impede que vejamos as coisas como elas realmente são. 
Assim você evitará cometer injustiças e ganhará o respeito dos demais pela sua posição ponderada e correta. 
 Diante de uma situação difícil, lembre-se sempre: Deixe a raiva secar!"

quarta-feira, novembro 24, 2010

O Fruto x O Homem

Quando o fruto está verdinho, ficamos anciosos por seu amadureciemento...., bem,  ai ele estará  pronto para ser nos saciar.
Quando isso não acontece, dizemos que o fruto pecou!  E geralmente ficamos desapontado... E  você deve estar se perguntando o que há de novo nisto?
O interessante é o que o mesmo acontece  com o homem; pois se não amadurecer vai sempre continuar pecando..., e desapontando.... a todos  que a sua volta estão.

Pense nisso!

Bom restante de semana!
Bjs!

segunda-feira, novembro 22, 2010

Um privilégio ou uma maldição?

Do que vale toda a felicidade desse mundo, se você nunca está feliz?
Do que vale as muitas riquezas, se você não você nunca se sente segura?
Do que vale vestir branco, se não há Paz no seu interior?
Do que vale as multidões, se você sempre se sente sozinho?
Do que vale todo o trabalho, se você não desfruta?
Do que vale o tempo, se nada é produzido?
Do que vale a vida, se não você não se encontra?

Do que vale ter e não possuir?
Do que vale pilotar uma aeronave, e não saber conduzir a sua vida?
Do que adianta ir à lua, e não conhecer seu interior?
De que adianta descobrir a fonte, se dela não matar a sede?
Do que adianta ter o tesouro em mãos, e dele não desfrutar?
Do que vale o choro, sem haver arrependimento?
Do que adianta reconhecer, e depois abandonar?
Do que vale tanto conhecimento, se você se perde mais?
Do que vale carregar a cruz, se Jesus ainda está lá?
Toda valoração que nós damos, concerne da nossa alma. Como anda a sua?
Dê a cada coisa o seu devido valor! E valorize tudo que tiver!
Pois o tempo é agora! E a hora é essa!

Uma abençoada semana!

By: Daniela Castro

Dilemas

São tantas de interrogações quando penso em algumas pessoas e suas respectivas decisões. É difícil entender certas atitudes, pois a boca proclama certos lemas e suas atitudes são dissociadas desses mesmos. E é bem ai que entram os dilemas! 
Como compreender essa problemática?
• Posso tudo, mas nem por isso sou obrigado a fazê-lo.

• Por que perder a minha identidade, para ser aceito pelos outros?

• Para quê sofrer insistindo em erros que estão latentes?

• Por que não ser verdadeiro, com os outros e consigo mesmo?

• Por que não para um pouco pra ouvir e refletir? Ninguém vivi sozinho e nem é senhor da verdade.

• Para que criticar, condenar tanto, e depois fazer o mesmo e até pior?
Essas pessoas que vivem sobre o pódio do orgulho, e estão sempre sendo premiadas com o  troféu da derrota!
Quando a casinha de boneca cai? O mundo encantado acinzenta? Lá estão elas murchinhas!
Parece que vão aprender???  Mas olha lá, estão elas de volta ao “vômito”!
Você entende isso?  Pois até ele parece que pensa!
E o homem,   que  é dotado dessa capacidade não o faz? Deveria ao menos tentar de vez em quando!
E parar de passar pelo ridículo de viver pagando a língua... É melhor silenciar... Esse é o grande segredo do sábio! Saber silenciar nos faz ouvir mais, refletir mais, sentir mais, enxergar com os olhos dos outros, errar menos, e uma gama de outras coisas...
São tantas coisas que presencio de perto e de longe que me trazem tantas indagações... Algumas eu encontro respostas e outras prossigo a buscar... Mas o que me entristece mesmo! É ver as pessoas que mais amo, passando a vida dando murro em ponta de faca!
Tenho comprovado que quem muito fala nada cumpri, nada é !

"Uma vez tomada a decisão de não dar ouvidos mesmo aos melhores contra-argumentos: sinal do caráter forte. Também uma ocasional vontade de se ser estúpido."
Friedrich Nietzsche

sábado, novembro 20, 2010

Parabéns Mãe!

Mãe, meu lindo tesouro!
Só posso felicitar-me por esse lindo dia, que o nosso Pai celeste te trouxe a esse mundo!
E desejar que essa data se repita por no mínimo + 100 vzs!
Repleto de saúde, sabedoria e vida plena em Cristo Jesus!

O impossível sempre é impossível?!

Abaixo a palavra impossível
Esse é um bom questionamento a ser feito. Pois é assim, que  costumeiramente denominamos uma série de coisas e situações que muitas vezes abandonamos ou mesmo nem tentamos, por julgá-las inatingíveis. Como somos craques em inventar desculpas plausíveis! Que são até compreensíveis; mas que na verdade tem o intuito ainda que inconsciente, de dar suporte a nossa frágil alma, quando optamos por desistir. E Isso não é um privilégio dos desistentes, mas todos nós, em algum momento vivemos ou iremos vivenciar essa incógnita.
Devemos enteder que toda situação que julgamos impossível, pode e deve ser superada! Por mais brutal que ela seja, seu objetivo é de nos ensinar que podemos. Sim podemos! Essa é a causas de todas as nossas experiências, quer sejam boas, quer sejam más, elas servem para nos forjar de maneira que estejamos aptos a continuar vivendo. Pois, se assim não fosse, morreríamos no primeiro golpe! E nada é tão terrível como vegetar, tendo vida! Permitir-se ser um refém do medo é a maior covardia consigo mesmo, tornando de você seu próprio roubador. Roubador de quê? De sonhos, de conquistas, de oportunidades que não voltam mais, de girar a vida quantos graus forem necessários, de sentir novos perfumes, novos sabores, de conhecer novos lugares, novas etnias, de se tornar melhor, e outros tantos “se” que ficaram ecoando em sua mente, por toda uma vida, pois você não se permitiu ousar, sair da zona de conforto.
Antes de dar um xeque-mate nos sonhos, nas oportunidades, nas pessoas; dê a si mesmo a chance de vivenciar o novo, o inusitado.
O perigo nem sempre reside no arriscar, mas sim em permitir que ele habite em você!

By: Daniela Castro


sábado, novembro 13, 2010

Inspirações Matutinas: Conciência

De que vale a conciência, se silêncio sua voz nos quando me alerta? Se deixo-me levar pelos apelos e impulsos de uma raíva, da TPM, do achísmo, da mídia, da moda, do ambiente,  etc.
De que me vale a conciência se ando distraído... Se desperdiço meu tempo e vida com tanta coisa fútel e improdutiva, se o que faço, não me torna melhor. Se muitas vezes à substimo!
Conciência... Você deve me livrar do perigo, ser meu ponto de equilíbrio entre a lucidez e a loucura, deve me tornar sana neste mundo louco.
Conciência...
Me leve a viver com intensidade, mas não ao ponto de me tornar tolo,
Me torne maduro, mas não ao ponto de engessar,
Me moster o caminho a seguir, mas não ao ponto de me acomodar,
Me liberte de meus preconceitos, mas não ao ponto de perder de vista os princípios e valores,
Me torne um pensador, mas não ao ponto de deixar de agir,
Me faça ter atitude, de modo que eu não perca minha identidade,
Me torme mais compreensível, mas não ao ponto de abestalhar-me,
Me toerne mais feliz, mas de modo a não me iludir,
Me tire do idealismo, me faça realista, mas não ao ponto de me ser pessimista,
Me torne sábio, mas não me deixe ser o dono da verdade,
Me leve para longe daqui, mas não me deixe esquecer de onde eu sair.
E assim,  temperado e equilibrado,  seja eu grato, pela vida que Deus me deu!
"A consciência é o melhor livro de moral e aquele que menos se consulta." 
Blaise Pascal
"O silêncio é a comunhão de uma alma consciente consigo mesma."
Henry David Thoreau

sábado, novembro 06, 2010

Clonagem? Do quê?

A uns meses atrás, eu fiz um trabalho sobre clonagem; e como sempre eu e meus pensamentos... (Rsrsrsrsrsrs!) Fiz algumas considerações a respeito desse a polêmico assunto  cheio de controversias.  Convido a você a pessquisar sobre ele, pois descobre tanta coisa, como por exemplo que antes de Dolly (a ovelha), já houve muitas outras clonagens e etc.
A clonagem é o estudo cada vez mais aprofundo da engenharia humana,  é a interferência do homem  no processo de formação assexuada e sexuada. tem como benefícios: salvar espécies em extinção, e outras que não mais existe, evitar o risco da sindrome de Down, etc e tal.  Os seus malefícios: surgimentos de anomalias, tumores, perda da variedade genética, envelhecimento precoce e muitos outros...
A  clonagem visa a solucionar  as incógnitas da reprodução do homem e visa uma perfeição desse ser.  Mas que perfeição é essa? Da genética? Da estética? Para quê,  tantos esforços, que na sua maioria feri princípios éticos/religiosos. 
Não será melhor, investirmos esforços na clonagem de  bom caráter, de bons valores? Os quais estão escassos em nossos dias.  Ontem eu ouvi essa  frase, que casa bem com esse pensamento:
"Devemos deixar um mundo melhor para os nossos filhos,
Mas também,  deixar filhos melhores para o mundo" 
Rosana Jatobá
É a mais de 2000 anos o apóstolo Paulo já destilava da sabedoria do aperfeiçoamento do homem.
" Sede meus imitadores, como também eu de Cristo". 
A perfeição exacerbada que o  homem busca investindo tanto tempo, dinheiro, e a própria vida, na  tentativa de ser Deus,  só permite o distanciamento ainda maior do Autor e Consumador da vida. A ciência (conhecimento), foi dada ao homem por Deus, mas esse tem usado tanto para o bem da humanidade como para própria condenação.
Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas invenções.
Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor.
"..sabemos que todos temos ciência. A ciência incha, mas o amor edifica. "
Porventura a Deus se ensinaria ciência, a ele que julga os excelsos?

Deus nos abençoe!